Grupo de Produtos


Contrastes para Raio-X

Contrastes para Hemodinâmica

Contrastes para Ressonância Magnética



Contrastes para Tomografia Computadorizada


Eventos adversos / Farmacovigilância

Evento adverso, segundo a definição da ANVISA, é definido como qualquer ocorrência médica desfavorável, que pode ocorrer durante o tratamento com um medicamento, mas que não possui, necessariamente, relação causal com esse tratamento. Considera-se evento adverso1:

• Suspeita de Reações Adversas a Medicamentos;

• Eventos Adversos por desvios da qualidade de medicamentos;

• Eventos Adversos decorrentes do uso não aprovado de medicamentos;

• Interações medicamentosas;

• Inefetividade terapêutica, total ou parcial;

• Intoxicações relacionadas a medicamentos;

• Uso abusivo de medicamentos;

• Erros de medicação, potenciais e reais.

A  GE possui uma unidade de Farmacovigilância onde todos os eventos adversos notificados com o uso de nossos produtos são monitorados e avaliados.

As Informações são protegidas e tratadas como confidenciais e serão obtidas  para o relato  de eventos adversos para a agência regulatória local e a nível mundial, conforme o requerido pela regulamentação internacional de segurança de medicamentos. Informações pessoais serão  tornadas anônimas ou removidas de relatórios individuais de dados de segurança.

Para que possamos analisar os casos reportados com uso de nossos contrastes, pedimos, por favor, que preencha o formulário em PDF a ser enviado para o e-mail eventos.adversos@ge.com. Para maiores esclarecimentos, contate-nos pelo serviço de atendimento ao cliente, no telefone: 

0800 122 345


1 RESOLUÇÃO - RDC Nº 4, DE 10/02/09 DOU 11/02/09


Formulário PDF

Meios de Contraste

Posicionamento da GE sobre uso de Gadolínio

A GE Healthcare tem como prioridade fornecer produtos seguros que ajudem a melhorar a saúde do paciente. Publicações recentes indicam que vestígios de gadolínio são retidos no cérebro após exposição repetida a contraste a base de gadolínio (GBCAs). Somos comprometidos a divulgar com transparência qualquer informação sobre possíveis eventos adversos associados aos nossos produtos. O Food and Drug Administration (FDA), a Health Canada, o American College of Radiology (ACR) e a Sociedade Internacional de Ressonância Magnética em Medicina (ISMRM) comunicaram que, até à presente data, não há eventos clínicos adversos associados à retenção de vestígios de gadolínio no cérebro ou em outro tecidos em pacientes com função renal normal. Essas organizações não recomendaram suspender o uso de agentes lineares. Acreditamos que o risco-benefício é positivo para o uso de contraste a base de gadolínio (incluindo o Omniscan da GE Healthcare) e esses produtos devem permanecer disponíveis para o uso por radiologistas. Estamos empenhados em trabalhar em colaboração com a comunidade clínica, acadêmicos e órgão reguladores para avançar com estudos científicos sobre o assunto. De acordo com a decisão da Comissão Europeia (EC) de 23.11.2017, ingressar com recurso contra tal deliberação e, concomitantemente, continuaremos oferecendo o produto em todas as localidades fora da União Europeia onde ele é aprovado para distribuição.